O atendimento fonoaudiológico no LV se destina às crianças que apresentam questões no processo de aquisição de linguagem,  manifestadas por embaraços na produção de fala oralizada, leitura e escrita e também nas  brincadeiras e no laço social com os pares. O serviço oferece avaliação de linguagem bem como o atendimento individual e/ou em grupo, de acordo com o projeto terapêutico. São considerados princípios deste atendimento:

  1. que a aquisição de linguagem não é um processo natural, mas adquirido a partir da relação entre a fala/escrita da criança e a fala/escrita do outro
  2. que a linguagem não pode ser ensinada, mas pode ser transmitida por meio de interpretações de natureza linguística que afetem a posição de falante, de ouvinte e de leitor-escritor da criança
  3. que adquirir linguagem não se encerra em produzir uma fala/escrita correta; que trata-se de caminhar no sentido de a) ser afetado pelo dizer do outro; b) poder falar ao outro; c) deixar-se afetar pelo que diz